Login

Sugestões

Faça o login e visualize as sugestões

Usuários on line

Nós temos 2013 webespectadores online

Revista

Gestão Universitária

Edições Anteriores 318 A curva Sigmoide e a Educação: Uma Realidade?
A curva Sigmoide e a Educação: Uma Realidade? PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 7
PiorMelhor 
Escrito por Wolmer Ricardo Tavares   
Ter, 26 de Março de 2013 00:00

A curva Sigmoide e a Educação: Uma Realidade?

 

A educação tem sido por décadas o carro chefe de campanhas políticas, mas apesar de boas intenções e de pouquíssimos políticos que realmente a veem como fator primordial para o desenvolvimento de um país, ela se esbarra em mandatos ao qual não a enxergam com prioridade, ou simplesmente ignorada, não de forma direta, o que seria considerado em uma linguagem popular a um tiro no pé, mas de forma sutil e maquiavélica, enfraquecendo umas das principais variáveis para a educação de qualidade: O Educador.

 

Baseado nisso, podemos fazer uma analogia com a curva sigmoide ao qual está ligado a um sistema e/ou projeto e nesta curva consta que quando o projeto e/ou sistema está em seu ápice, faz-se necessário pensar em seu substituto ou em sua atualização, ou seja, não se pode deixar entrar na obsolescência e/ou morte do sistema para se pensar na substituição ou atualização.

 

 

Com a educação acontece o pior, pois o planejado nem entra no seu ápice para modificações, assim muitas das vezes mudam-se os projetos o os planos voltados para educação, o que muitas das vezes é considerada equivocada e precipitada.

A educação exige um pensamento e planejamento a longo prazo. O seu resultado não é de imediato e em sua maioria não refletirá a ideia de seu idealizador, e isso passa a ser uma desvantagem para as pessoas politiqueiras, ou seja, os falsos políticos, os corruptos e corruptores de sonhos, os ladrões que roubam a dignidade do cidadão e obedecendo essa curva sigmoide, a educação estará neste sentido sempre a desejar, fomentando sonhos seguidos de frustrações de toda uma nação indignada com a nossa realidade, representando assim uma maioria sem expressão, sem vontade, sem desejos e conformada com a situação a qual se encontra, agindo como gados marcados e felizes, deixando-se manipular pela mídia interesseira e alienante.

Quando dermos a devida atenção a educação, conseguiremos alcançar o protagonismo esperado por grandes pensadores como Darci Ribeiro, Paulo Freire, Anísio Teixeira, dente outros e seremos um país exemplo em educação como Japão, Reino Unido, Noruega, Cazaquistão ou até mesmo Cuba que ocupa a 14a posição e não a 88a com se encontra o Brasil.

Cabe a nós percebermos que a educação de qualidade pode não ser de interesse dessa elite formada por políticos inescrupulosos e corruptos, que usam de suas artimanhas e manipulações com o sistema falho e frágil de nossa educação para uma mais eficiente manipulação dos dados gerando falsas estatísticas de maneira a acalentar as angústias dos pseudo-cidadãos, diga-se pseudos por não terem uma consciência crítica e tampouco serem sabedores de seus direitos. Com isso podemos perceber que a curva sigmoide não representa nossa educação justamente por não nos lembrarmos de termos estado em seu ápice, pois ainda amargamos uma posição de 53ª relacionada a leitura e ciência e em 57ª posição de acordo com o PISA 2009 o que constatou uma reportagem da revista Veja na edição 2074 de 2008 quando afirma ser os estudantes brasileiros os piores nos rankings internacionais.

 
Please register or login to add your comments to this article.

Copyright © 2013 REDEMEBOX - Todos os direitos reservados

eXTReMe Tracker