Login

Sugestões

Faça o login e visualize as sugestões

Usuários on line

Nós temos 2026 webespectadores online

Revista

Gestão Universitária

Edições Anteriores 321 O Impacto das Novas Tecnologias na Aprendizagem do Ensino Médio e Fundamental em 2013
O Impacto das Novas Tecnologias na Aprendizagem do Ensino Médio e Fundamental em 2013 PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 2
PiorMelhor 
Escrito por Enio Edson Garcia   
Sex, 03 de Maio de 2013 00:00

 

A questão é:  como os gestores e os professores estão preparados para enfrentarem o desafio, diante das novas tecnologias em rede,  na mudança de paradigma do sistema de ensino no terceiro milênio ? Existe literatura sobre o uso dos novos recursos tecnológicos  para socorrer as perguntas dentro da sala de aula ?

Diante dessa questão recorri a  obra de Jean Piaget. É preciso discernimento para analisar e penetrar no complexo mundo da cibernética.

 

Segundo Piaget “os seres vivos buscam adaptação ao ambiente, enquanto que o ser racional procura adaptar sua Inteligência ao universo”, não havendo diferenças essenciais entre eles, mas somente tipos específicos de “problemas” que implicam em níveis diversos de organização. As estruturas da inteligência mudam através da adaptação a situações novas e tem dois componentes: a assimilação e a acomodação. A noção de assimilação, por um lado implica a  noção de significação e por outro o vinculo que todo conhecimento tem com uma ação e de que conhecer o objeto ou um acontecimento é assimilá-lo a esquemas de ação. Em outras palavras conhecer, para Piaget, consiste operar sobre o real e transformá-lo, a fim de compreendê-lo, em função do sistema de transformação a que estão ligadas todas as ações humanas.

Aos gestores e professores das instituições de ensino, caberá a tarefa de adaptar a sua inteligência ao universo das novas tecnologias que conectam as pessoas, em rede, nos mais diversos níveis do conhecimento humano.

Pelo exposto, reafirmo o que sempre disse  em sala de aula, ao longo da minha jornada no ensino profissionalizante: conhecimento bom é conhecimento compartilhado. E é justamente, nessa direção que caminho e hoje estou aqui, com todos vocês que me ouvem e me vêem dizendo aqui e agora, que dividir é mais: estou aqui para dividir com vocês todos, os resultados das minhas experiências, das minhas pesquisas reafirmando que é possível sim, adaptar a nossa inteligência ao universo das tecnologias atuais.

Entendo que a função de um mediador de aprendizagem seja auxiliar na mudança educacional, tornar a escola mais dinâmica com novos processos colaborativos, amparados pela ampla oferta de plataformas à nova escola. Há que se assimilar por adaptação esse progresso econômico-social e cultural, começar a criar literatura sobre as novas tecnologias  e dar respostas firmes as questões suscitadas dentro da sala de aula. Vencer o medo, operar o real e transformá-lo, essa será a nossa missão daqui pra frente.

Profe-enio. Março-2013

 

 

Autor deste artigo: Enio Edson Garcia - participante desde Seg, 18 de Março de 2013.

Veja outros artigos deste autor:

Please register or login to add your comments to this article.

Copyright © 2013 REDEMEBOX - Todos os direitos reservados

eXTReMe Tracker